Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2012

100 Perguntas - 3/100

Imagem
Porque é pregado nas igrejas que entender o Fim dos Tempos ou o Apocalipse é difícil, quando o próprio Jesus falou abertamente desse assunto explicando-o para as multidões, sem nenhum melindre???
Exemplo de resposta simples:
Mateus capítulo 24.
Exemplo de resposta complicada (complicante? complicadora? compliquenta?), rsrs:
Série "Deixados para Trás".
E você, acha o quê?

Juliano G. Leal MARP/MRM

Cuia Furada

Imagem
É hábito aqui no meu Rio Grande do Sul apreciar um bom chimarrão. O mateador regular, toma seu mate pelo menos uma vez por dia. Seleciona uma erva-mate com boa procedência, uma bomba que hoje quase sempre é de inox mas que já foi de vários materiais, inclusive ouro e prata. E a cuia, também muito bem escolhida, desde a colheita do porongo até o acabamento quando será usada para cevar o chimarrão.
A água, quente como um chá ou cafezinho, completa o rito, que nos seus primórdios era servido de uma chaleira, mas com o tempo e o avanço tecnológico foi substituída pela garrafa térmica, conservando a água na temperatura certa e prolongando o sabor do chimarrão por muito mais tempo.
Contudo, como qualquer recipiente, até a cuia tem prazo de validade. E eventualmente uma cuia acaba furando. Muitas pessoas reaproveitam cuias furadas como pequenos vasos de flores, normalmente cultivando violetas e flores do gênero.
Uma das coisas mais desagradáveis que pode ocorrer é cevarmos um chimarrão numa …

Entre o pronto e o maduro

Imagem
Recentemente um amigo meu postou no Facebook uma reflexão sobre se identificar com alguns pássaros e usar certas características do comportamento deles como aprendizado. A Festa dos Tabernáculos se aproxima, e me aproveitando da ideia que brotou da poeira dos passos do meu amigo, hoje aqui, vou partir de uma reflexão que começou com as frutas, num clima de Arba Minim (as 4 espécies), sobre "o pronto e o maduro".
A necessidade dessa reflexão me ocorreu ao perceber de uns tempos pra cá a necessidade que algumas pessoas tem de estar constantemente cobrando as outras e procurando incessantemente nas outras pessoas referência e afirmação, e rotulando e desfazendo daqueles que não se ajustam aos seus padrões em nome de uma suposta coerência entre palavras e ações.
Gosto de citar uma historinha que escutei na adolescência sobre Ghandi e o açúcar. E sempre que falo dessa historinha, as pessoas se agarram ao lado da coerência fabulosa de Gandhi em não querer ensinar o que ele não pr…