Sobre o chip

Talvez você ache que eu vou falar sobre o Apocalipse de cara. Até poderia ser mas acho que você já fez esse link, então, vou me deter em coisas mais palpáveis do que simplesmente mencionar o texto bíblico do 666.
Essa invenção do saudita é uma arma de destruição em massa. Com o simples apertar de um botão, todos os chips podem ser acionados simultâneamente, eliminando todos os seus portadores de uma só vez. Se estes chips forem implantados pacificamente e voluntáriamente nas pessoas, num futuro momento de tensão, a única coisa necessária é avisar que "aquele que não obedecer o comando será eliminado".
Como conseguir que as pessoas aceitem uma coisa dessas? Prometendo paz e segurança. Desde 1988, as lojas maçônicas dos Estados Unidos vem desenvolvendo um programa de identificação de crianças para protegê-las em caso de desaparecimento ou sequestro. Com pequenas variações locais, o projeto é genericamente denominado CHIP, um acrônimo para CHild Identification Program. Seria uma mensagem subliminar para acostumar os participantes?
O programa consiste em catalogar informações de jovens e crianças e gravá-las num mini cd usado a partir daí como uma "kidtag", igual a plaquinha que serve para identificar cães (dogtag) e soldados (g.i.tag). Com o avanço da nanotecnologia, substituir o mini cd por algo que é mais dificil de perder, mais completo, pois não só identifica como também localiza, é uma consequencia "natural e inevitável".
Não custa nada lembrar aqui que a estratégia manjada do inimigo sempre foi atacar as crianças para evitar o futuro planejado por Deus. Foi assim com Moisés e com Jesus. Agora não seria diferente. E surpreenda-se, pois existem pais que já queriam que os ID tags fossem subcutâneos há anos!
Veja você mesmo os sites da iniciativa maçônica. Site 1. Site 2.
Ah, e a patente negada tem um objetivo claro para quem lida com tecnologia. Tudo que cai no domínio público é desenvolvido mais rápido, com a participação de mais pessoas e se torna mais barato. Atingindo muito mais gente.
Que Deus nos ajude a proteger os nossos filhos.
Juliano Leal - MRM/MARP

Postagens mais visitadas deste blog

Pólvora em Chimango

Sacrifício Diário

Noé