A grande mentira do pecado

Jekyll & Hyde


Quem nunca passou por situações nas quais se sentiu como o personagem da história de Robert Louis Stevenson: dividido entre dois seres que são um só. Entre duas criaturas; uma moral e outra imoral. Uma boa e que busca o bem; outra maléfica e que somente faz o mal.


Hoje em dia, toda a igreja sofre com esse comportamento em maior ou menor grau. Muitos se comportando com uma aura de santidade dentro do templo, na convivência com os irmãos; mas no dia a dia se comportando pior que muitos não cristãos: tendo casos extra conjugais, mentindo, roubando e agindo das maneiras mais torpes possíveis.

Qual a razão deste comportamento? A razão deste comportamento é o engano, a ação das legalidades, feridas e traumas na vida de cada um permitindo que o mundo no geral nos carregue no sentido contrário ao caminho de Deus.

Mas o que não nos deixam saber é que o Mr. Hyde não é aquele monstro mostrado nas últimas produções hollywoodianas, mas um ser pequeno e medíocre que somente choca tanto porque grita e faz coisas que chocam a todos. Hyde no livro é descrito da seguinte maneira:

“Mr. Hyde — pálido, baixo, repugnante, um sujeito mau e entregue ao pecado”

Já o Dr. Jekyll e descrito da seguinte forma:

“Dr. Jekyll — homem grande, bem proporcionado”.

E assim como o personagem, o pecado nas nossas vidas somente choca, mas não é grande como quer nos fazer acreditar; nem invencível como quer nos fazer crer. Na realidade, o bem é muito maior que o mal; porém, por inação acaba dominado.

Sei que é difícil admitir os nossos pecados e erros. Entretanto, somente agindo podemos ter o perdão; somente pedindo por ele e nos arrependendo dos nossos erros podemos ser perdoados e curados.

Jesus morreu por mim e por você para que isso fosse possível. Não permita que esse sacrifício realizado por Ele para nós seja em vão. Não permita que essa mentira continue agindo na sua vida.

Como diz a letra da canção do Petra:


Às vezes me sinto como Jekyll e Hyde
Dois homens travam uma guerra dentro de mim
Um dá, um leva, eu tenho que decidir
Às vezes, me sinto como... Jekyll e Hyde!


Preciso que alguém me resgate
Isso e como uma personalidade dividida

Quando as personalidades se chocam
Eu sei que tipo de pessoa quero ser
Que não provoque - só dependa de Deus!


Decida, peça e Ele virá te resgatar....


Geibson Lehugeur Barbosa

Postagens mais visitadas deste blog

Pólvora em Chimango

Sacrifício Diário

Noé