Pequeninos

Um dos motivos da minha conversão - talvez o principal motivo - é o fato de eu ter certeza da existência de Deus. É algo que eu já sabia mas por um tempo eu havia esquecido.

Por que eu digo que havia esquecido? Pois quando eu era criança eu sabia da existência de Deus; assim como toda criança sabe da existência Dele. Porém, conforme vamos crescendo, acabamos deixando essa certeza para as dúvidas do mundo e nos esquecemos.

Talvez seja esse o motivo de Jesus dizer que é necessário que nos tornemos como crianças para entrar no reino Dele. E tenho certeza que esta afirmação não foi somente para nos tornarmos inocentes como as crianças.Mas também para desenvolvermos a capacidade de crer; ter fé sem segundas intenções, essa capacidade única das crianças em acreditar em Jesus sem restrições.

Talvez esse seja o real motivo para o desespero dos governos seculares, conhecidamente influenciados pelo príncipe deste mundo, em implementar políticas de controle populacional, seja por esterilização ou abortos. O real objetivo é o de retirar o parâmetro a ser seguido para entrarmos na casa do Pai.

"Eis que os filhos são herança do Senhor, e o fruto do ventre o seu galardão.

Como flechas na mão de um homem poderoso, assim são os filhos da mocidade. Bem aventurado o homem que enche deles a sua aljava; não serão confundidos; mas falarão com seus inimigos a porta." Sl 127:1-5

E mesmo as crianças que chegam a este mundo estão perdendo a inocência que deveria servir de padrão para os cristãos. Muitas crianças, mesmo dentro da igreja, comportam-se como pequenos tiranos impondo sua vontade a toda a família; situação esta apoiada por políticas anti-bíblicas impostas pelo governo.

Então me pergunto, para onde iremos? Como poderemos ser como crianças se mesmo elas não o são?

Viva de acordo com a palavra de Deus e viva uma vida realizada.

Geibson Lehugeur Barbosa – MRM/MARP

Postagens mais visitadas deste blog

Pólvora em Chimango

Sacrifício Diário

Noé