Será que o Edir diria isso à própria mãe?

Sim, ele se posicionou e não é de hoje! A matéria já tem dois anos e a opinião dele continua a mesma, inabalável. O que a Bíblia diz sobre o assunto? Ele interpreta do jeito que acha melhor! Usa e abusa do texto para justificar sua opção simplista e estapafúrdia À FAVOR DO ABORTO!

É caros leitores, o bispo Edir Macedo é um pró-aborto!

Leia no blog dele: http://blog.bispomacedo.com.br/2008/10/10/sobre-o-aborto/

Diz ele que só em caso de risco pra mãe, estupro ou má-formação. Mas também diz que em alguns casos a miséria da família também seria um bom motivo. E embasa essa opinião com um texto deslocado do contexto de Eclesiastes. Será que o Meggilot contrariaria a Torah? É claro que não! Na Torah o aborto ACIDENTAL era punido com a MORTE. Deus disse: Se uma mulher sofrer um acidente e o fruto do seu ventre perecer, quem causou o acidente será morto, seu sangue cairá sobre ele. VIDA POR VIDA.

Essa lei não era pra punir um azarado, era pra ENSINAR O POVO A VALORIZAR A VIDA NA SUA FORMA MAIS PRIMÁRIA.

E se uma mãe solteira de Nazaré abortasse para não ser acusada de fornicação? Oh, onde estariam os cristãos hoje? Ele teria que ter feito tudo de novo? Escolher outra mulher? Porque Maria foi considerada bendita entre as mulheres? Talvez porque uma Judia de tribo sacerdotal jamais pensaria em cometer uma atrocidade dessas, pois sabia que por maior que fosse o pecado, haviam leis para proteger a vida, a criança e ela! Leis das quais carecemos muito hoje!

E o salmo 139? Vou arrancar as páginas da minha Bíblia e oferecer pro bispo enrolar os restos mortais dos fetos das mulheres que tomaram a decisão baseadas na opinião dele!

E os inocentes que pedem justiça aos pés do Senhor em Apocalipse, vítimas de um sistema político-religioso corrompido chamado "Babilônia". Os reis da terra tem seu sangue nas mãos. Será o senhor Macedo um réu confesso?

Criem casas-lar, facilitem as adoções, parem de encher as igrejas de mármore e deem condições de vida digna às famílias que querem abortar pra que criem seus filhos. Ministrem cura das emoções em nome de Jesus às mulheres estupradas. Levem a Glória de Deus pra rua e terminem com os estupros. Se Jesus estivesse no lugar do bispo, Ele CURARIA O FETO EM MÁ-FORMAÇÃO.

Gostaria de dizer que respeito a opinião dele. Mas a opinião de Deus em sua Palavra foi ridicularizada. Estamos caminhando para uma inquisição branca, com apoio político e democrático e agora endossados por alguém que fala em nome do "reino de Deus".

Enquanto o islã se prolifera através da procriação, gerando filhos e educando-os na fé islâmica, o cristianismo ocidental se suicida permitindo, entre outras coisas, a disseminação do aborto.

Aqui, ladeira abaixo, pergunto, e se a mãe do bispo tivesse outros planos?

Socorro Jesus, porque a humanidade grita e seu clamor chega até os céus...


Juliano G. Leal - MRM/MARP

Postagens mais visitadas deste blog

Pólvora em Chimango

Sacrifício Diário

Noé