Celular Possesso

Quando eu era criança, volta e meia surgiam boatos de fantasmas e assombrações no chuvisco da TV analógica. ET's de vez em quando. Muitas pessoas juravam de pés juntos que tinham gravado sussurros de demônios em fitas K7 e um exército de fanáticos gastava horas preciosas que poderiam ser investidas em adoração ou boas obras, girando os discos da Xuxa e do Menudo ao contrário pra ver se o diabo falava com eles.
Pois bem, o tempo passou, a tecnologia evoluiu, mas parece que a mentalidade evangélica retrocedeu.

Passeando pelo Genizah, me deparo com essa pérola:


Além de ficar estarrecido com a coisa em si, não pude deixar de perceber que a "vítima do capiroto" deixou o celular assistindo o culto pra ir assistir a novela. Que prático, não?
Ou seja, já que é o celular que tá possuído, a televisão exorciza ele! Tudo em casa! Nossos eletrônicos já se auto-evangelizam. A inteligência artificial está no seu ápice!

O que já não se pode dizer da humana...

Será que o Valdomiro toma conhecimento dessas aberrações?
Acho que sim.
Será que ele se importa ou acha errado uma de suas ovelhas fazer isso?
Acho que não.

Porque o GPS espiritual da Palavra do Senhor foi desligado há muito tempo dessas pseudo igrejas, a ponto de hoje elas confundirem um GPS com um demônio que fala inglês.
Tomara que a misericórdia do Senhor dure "twenty five point four miles" ou mais, por que a ladeira é grande...


Juliano G. Leal
MARP/MRM

Postagens mais visitadas deste blog

Pólvora em Chimango

Sacrifício Diário

Noé